Itajaí ou Navegantes: Qual a melhor cidade para morar?

O litoral catarinense tem muito a oferecer, e até podemos ficar confusos acerca de qual cidade escolher. No caso, decidir entre Itajaí ou Navegantes, por exemplo, é realmente complexo.

Em primeira análise, vale notar que a escolha por Itajaí ou Navegantes, por si só, já é muito boa. Afinal, ambas são cidades exemplares, e até ficam bem próximas. 

Outra coincidência é a economia local, que em ambas é bastante forte e conta com apoio de diversas empresas, inclusive internacionais.

Tantas semelhanças assim não é por acaso: as duas cidades eram uma, e só em 1962 é que se dividiram. Para ser mais preciso, a divisão das cidades é feita através do Rio Itajaí-Açu, o qual faz uma separação bastante justa do território.

Posto isto, algumas semelhanças vão fazer muito sentido — inclusive na parte cultural.

Quer mais dados para resolver essa questão? Confira várias características tanto de Itajaí quanto de Navegantes. 

Vamos lá!

O que Itajaí tem a oferecer?

Itajaí é uma cidade bastante desenvolvida, a qual fica logo acima de Balneário Camboriú, uma das cidades mais modernas no estado de Santa Catarina.

Por ser uma cidade cuja economia depende (em grande parte) do turismo, possui excelentes pontos turísticos, pousadas, bares, restaurantes e praias. A cidade procura melhorar sempre, e suas praias são consideradas as melhores de SC.

O município abriga o magnífico Porto de Itajaí, o segundo maior do Brasil, capaz de ter um impacto significativo no PIB nacional. Além disso, por causa desse porto, do mercado imobiliário e do turismo, Itajaí conta com um dos PIBs municipais mais altos de Santa Catarina.

Esta pequena introdução consegue resumir muito bem o espírito da cidade: moderna, rica, com boa estrutura e altíssima qualidade de vida.

Agora vamos ver os pormenores!

Números de Itajaí

Distando apenas 94 km de Florianópolis (capital catarinense), Itajaí conta com mais de 220 mil habitantes (cidade média). Além disso, no quesito renda per capita, ela está na primeira colocação no ranking nacional — um feito realmente grande.

Em suma, o município é dominado por vegetação: de seus quase 290 quilômetros quadrados, menos de 15% é ocupado por área urbana. Os outros 85% são zonas rurais ou áreas de preservação ambiental.

Ao longo do ano, a temperatura máxima não ultrapassa os 30ºC, com exceção do recorde histórico, que foi de 39ºC. Na maior parte do tempo, a temperatura na cidade fica abaixo dos 25ºC — sendo bastante agradável.

A umidade percentual jamais desceu abaixo dos 80%, e a precipitação acumulada no ano fica na faixa dos 1700 mm. Esses valores são típicos para uma cidade litorânea.

Seu IDH é de 0,786 (muito alto).

Economia local

A maioria das cidades do litoral sofrem com um dilema terrível: nas épocas de alto movimento, prosperam muito bem. No entanto, quando a temporada passa, vemos uma cidade deserta e sem dinheiro. Isso não acontece com Itajaí.

Em resumo, esse município é tido como rico por causa da maneira como sua economia está distribuída. De fato, uma boa parte das receitas advém do porto e de atividades complementares a ele.

A outra fatia das receitas vem do turismo, que também é muito forte por lá. Existe ainda outra grande fonte de dinheiro: o mercado imobiliário de Itajaí e seu alto potencial de valorização.

Então, podemos dizer que se trata de uma economia com três pilares, os quais, na ausência de um, se rearranjam para sustentar a cidade. Em outras palavras, é uma economia forte e que quase não conhece a palavra “crise”.

Lazer e turismo

Como era de se esperar, o lazer e o turismo são muito fortes em Itajaí. No entanto, o que realmente encanta na cidade são seus pontos históricos, onde alguns são mais velhos que a própria cidade.

Além disso, há um esforço por parte da prefeitura para que os cidadãos tenham mais acesso à cultura. No caso, existem locais públicos que ensinam música, artes cênicas, pintura, e muitas outras formas de arte.

Quanto às praias, Itajaí também está bem servida: lá estão algumas das melhores praias de SC, tais como Cabeçudas, Brava e várias outras. Elas são boas porque possuem uma infraestrutura completa para os turistas, inclusive salva-vidas.

Para encerrar este tópico, seria um crime não falar sobre os restaurantes locais: lá a culinária brilha, e diversos estilos gastronômicos se encontram.

Se quiséssemos resumir Itajaí em 3 atrações, com certeza seriam: Praia de Cabeçudas, Porto de Itajaí e Museu Histórico. 

Qualidade de vida

A qualidade de vida em Itajaí é algo que realmente impressiona. Aliás, isso pode ser visto pelo alto IDH (0,786).

No entanto, não é só isso que é bom por lá: a gestão pública, algo que normalmente é bastante defasado na maioria das cidades, é tida como exemplar para os demais municípios.

Portanto, o acesso à saúde, educação, pavimentação das vias públicas, iluminação e segurança são de extrema qualidade. Os gestores realmente sabem o que estão fazendo na hora de alocar o dinheiro público!

Além do mais, uma cidade com a mesma economia forte de Itajaí dificilmente seria de outra forma. Em resumo, é uma excelente cidade para se criar os filhos, independente da idade que tenham.

Localização no estado

Itajaí possui uma localização bastante privilegiada dentro do estado de Santa Catarina. Ela fica próxima das melhores cidades de lá, tais como Balneário Camboriú, Navegantes, Florianópolis, Blumenau e muitas outras.

Um dos motivos disso é seu acesso direto à SC-486, SC-412 e BR-101. 

Dessa forma, é fácil chegar até os maiores centros econômicos de Santa Catarina, o que pode ajudar tanto para quem trabalha nas cidades vizinhas, quanto para filhos que buscam uma vaga nas melhores universidades de SC.

Infraestrutura

A cidade sempre está recebendo investimentos em infraestrutura, seja do poder público ou de empresas privadas. Portanto, ela possui muitos recursos para permitir uma vida confortável para seus moradores.

No que diz respeito à educação, seus filhos vão poder estudar, do berçário até a pós-graduação, sem sair da cidade. Nos casos mais “graves” eles terão que ir até Balneário Camboriú ou Florianópolis, ambas cidades muito próximas de Itajaí.

Vale notar que até escolas bilíngues e de método de ensino estrangeiro estão presentes na cidade.

Ela possui vários supermercados de qualidade, um comércio bastante forte, assim como uma vasta variedade de serviços.

Pronto, agora você conhece um pouco mais sobre Itajaí. Agora vamos apresentar algumas informações relevantes sobre Navegantes!

Por que morar em Navegantes?

Indo um pouco mais para o norte no país, à partir de Itajaí, chegamos ao município de Navegantes. Aliás, vale notar que existem várias ligações tanto por terra quanto através do Rio Itajaí-Açu que ligam as duas cidades.

Navegantes, assim como sua vizinha, também possui uma economia potente. Porém, ela com certeza tem bastante espaço para se desenvolver: nos últimos 10 anos, seu crescimento foi impressionante.

+Leia Mais

 

Como potencializadores econômicos, a cidade conta com um porto muito movimentado, assim como um aeroporto internacional. No entanto, seu forte está na construção naval e no turismo, os quais injetam bastante dinheiro na cidade.

Ela está entre as melhores cidades de Santa Catarina para se morar, e conta com bairros excelentes. Algo que chama bastante atenção na cidade é sua enorme extensão de areia, tornando-a muito rica quanto à quantidade de praias.

Números de Navegantes

Em resumo, podemos dizer que Navegantes é menor que a metade de Itajaí, em todos os sentidos. Ela possui um pouco mais de 111 quilômetros quadrados de área, e menos de 85 mil cidadãos.

Além disso, foi fundada em 1962, e possui IDH de 0,736 (considerado alto). Assim como acontece com Itajaí, boa parte de seu território não é urbanizado.

Uma das vantagens de sua pequena população é que não há trânsito e demais problemas de “cidade grande ” por lá. No entanto, a cidade tende a ser menos rica, o que pode impactar na qualidade de vida da população.

Economia local

A economia local, no momento em que este post é escrito, ainda não se desenvolveu de acordo com as potencialidades da cidade. Ou seja, mesmo já sendo uma cidade bastante atraente, ainda tem muito a crescer.

O Porto de Navegantes, assim como ocorre em Itajaí, assegura que a cidade não fique apenas dependente do turismo. Da mesma forma, há empresas que trabalham com construção e manutenção de navios por lá, sendo uma ótima diversificação.

Todavia, o turismo também é bastante forte. Um fato curioso é que não há uma temporada específica para o turismo: ele tende a ser consistente o ano todo.

O aeroporto internacional ajuda na imensa movimentação de turistas por lá. Uma boa estimativa são 1,6 milhões de turistas por ano.

O PIB de Navegantes foi um dos que mais cresceu nos últimos 10 anos. Boa parte disso advém de seu centro de pesca, o terceiro maior da América Lantina.

Lazer e turismo

Da mesma maneira que Itajaí é uma cidade turística, Navegantes também o é. Portanto, tenha em mente que sempre existirá um lugar interessante para ir ou alguma coisa legal para fazer.

Navegantes guarda diversos pontos turísticos, alguns até mais antigos que os de Itajaí — dado que foi habitada primeiro. Um ponto turístico interessante, por exemplo, é o Santuário de Navegantes, dedicado à Nossa Senhora.

Além disso, existem praias exemplares na cidade, como a Praia do Gravatá, de Navegantes e a Meia-Praia.

Por fim, outro ponto que chama a atenção por lá é a imensa densidade de restaurantes e barzinhos. De fato, eles estão por toda a parte na cidade, e em quantidades imensas. Com certeza sua família vai adorar comer algo diferente todos os dias!

Qualidade de vida

Levar em conta a qualidade de vida em uma cidade é importante. Se essa é sua preocupação quanto a Navegantes, fique tranquilo: ela foi eleita a quinta melhor cidade de Santa Catarina.

O título foi dado em 2015, pelo Índice Firjan. Quando comparada a todas as cidades do país, fica na 63ª colocação, um número muito bom dado a imensa quantidade de cidades presentes no Brasil.

Vale notar que o Índice Firjan leva em conta a educação, renda mensal média, quantidade de empregos, acesso à saúde e muito mais.

Na última mensuração do IBGE, que ocorreu em 2010, mais de 97% das crianças entre 6 e 14 anos eram alfabetizadas. Além disso, mais de 87% dos lares contavam com saneamento básico. Ambos são números surpreendentes! 

Localização no estado

Assim como acontece com Itajaí, os moradores de Navegantes possuem um acesso muito interessante às principais cidades do estado de Santa Catarina. No caso, esse acesso ocorre principalmente por causa da SC-470, que (literalmente) adentra no estado.

Além disso, por causa dessa facilidade logística, é provável que o oferecimento de recursos da saúde seja excelente, em vista do acesso a cidades como Itajaí, Florianópolis, Blumenau e assim por diante.

Da mesma forma, o acesso à educação também é privilegiado, pois, em poucas palavras, é possível estudar em todos os níveis do saber, sobre qualquer tema de interesse, sem complicações. 

O pior cenário é ter que ir a uma das cidades vizinhas para isso — que são bastante próximas.

Infraestrutura

A infraestrutura da cidade é muito boa, contando com ruas pavimentadas, iluminação pública, manutenção recorrente das praias e praças, e assim por diante.

Além disso, a presença de um aeroporto internacional, somado à de um porto naval, com certeza garante mais recursos para serem investidos na infraestrutura local. Vale lembrar que a tendência é somente de melhora para Navegantes!

Itajaí ou Navegantes?

Agora que vamos conhecer um pouco mais de ambas as cidades, podemos ponderar sobre a resposta.

Entre Itajaí ou Navegantes, quando pensamos em morar por muito tempo (criar raízes mesmo), há uma tendência de a segunda ser melhor que a primeira. A razão disso é que, por ainda não estar em seu máximo desenvolvimento, o custo de vida tende a ser menor, assim como o preço dos imóveis.

Além disso, morar em Navegantes também significa morar em Itajaí, pois são tão próximas que quase não faz diferença. Ou seja, dá para aproveitar Itajaí enquanto se mora em Navegantes.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe!

Voltar para o Blog