BC Port Balneário Camboriú: Primeiro Porto de Transatlânticos do Brasil

Aprovada a instalação do projeto BC Port Balneário Camboriú pelo Ministério da Infraestrutura. Após tramitações na esfera ministerial foi liberada a concessão válida por 25 anos. A intenção por parte dos responsáveis pelo projeto é iniciar a obra no primeiro semestre de 2020. Concedida a liberação a empresa poderá seguir com os alvarás de licenciamento ambiental.

O BC Port Balneário Camboriú será o primeiro porto do país com um terminal de passageiros exclusivo para cruzeiros.

Além do BC Port, 14 projetos similares tiveram os contratos de autorizações assinados. A intenção do Governo Federal é reforçar a infraestrutura de turismo náutico atraindo assim mais cruzeiros para a costa brasileira.

Projeto BC Port em Balneário Camboriú – Imagem do site www.shiphandlers.com.br/bc-port

Terminal de Uso Privado (TUP)

O BC Port Balneário Camboriú é um projeto desenvolvido pela empresa privada Ports Developed By Shiphandlers (PDBS) e consiste em um complexo estruturado no mar, usando como base parte do Molhe da Barra Sul, com 58 mil metros quadrados incluindo restaurantes, hotel, lojas, Posto Alfandegário e Estação Meteorológica.

Estão previstos investimentos de mais de R$300 milhões, entre financiamento via Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e iniciativa privada. Estima-se uma movimentação anual de 300 mil passageiros.

Arquitetura Conceitual

Com inspiração vinda do mar as linhas do projeto são alusivas a uma das versões do nome de Balneário Camboriú, com origem no idioma Guarani, o qual significa “Rio dos Robalos”, espécie comum na região. A base estrutural do BC Port será de concreto pré-moldado, com revestimento em tecido bioclimático visando a sustentabilidade e permitirá aos visitantes ter uma visão da orla e do Morro da Aguada.

A arquitetura prevê sete andares, com revestimento semelhantes a escamas de peixe, pois será interposto em camadas. Quem assina o projeto é o designer Gilmar Santos Leite. Traços históricos e culturais da região foram incorporados na composição do projeto.

Por tratar-se de um terminal de embarque e desembarque de passageiros o BC Port estuda a possibilidade de usar atracadouros às margens do Rio Camboriú e bairro da Barra. A proposta prevê o uso de embarcações conhecidos como bus boats para efetuar o transporte dos passageiros.

Economia

O crescimento econômico esperado com a construção do terminal, baseado nos dados do setor de 2018 e 2019, será de mais de 2 bilhões, gerando 1,5 mil empregos diretos e cerca de 10,5 mil indiretos, além de atrair mais companhias de transatlânticos para costa brasileira.

Dados da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Clia Brasil), o tempo de permanência dos turistas na cidade de escala é de 5 dias, com gasto médio de R$2.929,00.

Simplifique a sua busca, assista o vídeo e encomende seu imóvel!

O jeito mais fácil de encontrar o seu imóvel em Balneário Camboriú e Praia Brava.